segunda-feira, 5 de julho de 2010

Xingamentos nordestinos!



Das coisas que mais admiro no nordestino, como bom nordestino que sou é a sua criatividade, especialmente na sua capacidade de criar nomes e xingamentos que para serem compreendidos é preciso muita maestria com as palavras e anos de estudo de causa e da cultura deste povo guerreiro. Ainda essa semana eu ouvi um xingamento que há muito não ouço: besta garrincha. Não me pergunte o que é que eu não sei. Bem, resolvi selecionar alguns elogios muitíssimo utilizados em nossa região. Se você tiver conhecimento de outros faça um comentário e dê a sua contribuição, valeu!




Segue a lista:

Filho dum que ronca e fuça
cri cri de argola (chato)
oreia seca (o burrinho metido a esperto)
mequetrefe (feiosinho)
jacaré na banheira (desajeitado)
tah cheirando cebolinha (fedido de suor)
Mistura de jabaculê com cobra dágua (feio pacas)
baguinho estranho (o esquisito)
sem um gato pra puxar pelo rabo (pobre metido a besta)
mala sem alça sem rodinha e com o ziper quebrado (o chato que fala demais)
Filho de maria mais eu
requenguelo
malacabado
malassombro
rascunho do mapa do inferno
é tão feio que chega a ser uma falta de educação
é tão feio que parece que pegou fogo e apagaram a paulada
imbecil esférico
mal caráter esférico
chamo o pai de joelho e a mãe de coxinha
mais seco q burro de nordestino
mais velho q entrar para dentro
mais burro q cachorro na chuva
mais vesgo q gringo zarolho no carnaval

8 comentários:

  1. KKK GOSTEI! EU NÃO TENHO NADA A ADICIONAR... MAS FOI MTO LEGAL SABER ALGUNS ELOGIOS, OS QUAIS, TEREI IMENSO PRAZER EM DELEGA-LOS A ALGUNS NOBRES E HONRADOS AMIGOS... KKKK ABRAÇÃO

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkk
    Massa!
    Tem um q às vezes ainda ouço. E parece q é de origem bem de perto: Itabaiana.
    "Fí du canço!"

    kkkkkkkkk

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Muito bom, mas ainda faltaram alguns clássicos aí, tipo, fí da gumincha bossó e fí da gota serena. Além de outros focados em denegrir o estado de saúde alheio, como extopô calango, extopô cangalexéu, extopô balaio, piloura, pinica e incói, sarna rossinha, sarna torroco, etc... =)
    Abs. Melqui.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, a contribuição de Melqui foi fundamental, ele que é um grande conhecedor da lingua nordestina reavivou minha memória. E eu que tanto usei esses "elogios" vamos dizer assim, havia esquecido. Não pode, valeu Melqui, saudades!

    ResponderExcluir
  6. Melqui " o conhecedor" da língua nordestina... caraca ri demais agora! Imbecil esférico? rsrsrssr bom demais!
    Thiala:)

    ResponderExcluir
  7. Fi de uma vaca malhada, pinto frouxo, gato pingado, benza pai, tamburete de esquina, tamburete de forró.... entre outros

    ResponderExcluir
  8. Fi de uma vaca malhada, pinto frouxo, gato pingado, benza pai, tamburete de esquina, tamburete de forró.... entre outros

    ResponderExcluir